quarta-feira, 22 de julho de 2009

A BORBOLETA DE ASA QUEBRADA

Aluno: Bruno da Silva Rosa
Turma: 3ª série B
Professora: Néri Delavalle Golembieski


A borboleta Valentina estava voando feliz pelo jardim. De repente, ela pousou numa roseira para descansar. Quando foi voar, não viu o espinho e ele cravou na sua linda asa. Ela ficou tão desesperada, pois estava doendo muito. Então, sua amiga Terezinha ouviu seu grito de dor e a levou ao doutor Besouro. Ele disse que a borboleta estava com a asa quebrada. Ela ficou triste porque não podia voar e se ela andasse, os outros bichos iriam passar por cime e poderiam matá-la.
O doutor Besouro mandou que ela fizesse fisioterapia todos os dias. Não era para faltar. Todos os dias, sua amiga colocava ela nas costas e ia levá-la. O doutor ficou tão feliz por ela vir todos os dias.
Então, no dia do seu aniversário, lhe deu um carro para andar enquanto não podia voar. Ela ficou tão feliz, pois o carro podia levá-la para todos os lugares do jardim.
Um dia, ela encontrou um laguinho com águas cristalinas. Sentiu-se tão bem ali e morreu.


Página 16.

4 comentários: