quarta-feira, 22 de julho de 2009

A CARAMBOLA

Aluna: Larissa de Almeida Kappes
Turma: 3ª série B
Professora: Adriana Guidolin Pocai

Era tempo de seca na cidade e na floresta. Os tamanduás exclamaram:
_O que é aquilo? Uma frutinha?
Mandaram o pato pedir ao pai de todos, que é Deus, o que era. Três minutos depois, o pato voltou do céu cantando:
_Carambola! Carambola! Não posso esquecer do seu nome, porque meu povo está com fome.
E apareceu uma bruxa dizendo:
_Caranguejo! Percevejo! Eu olho o que vejo?
E o pato se atrapalhava todo com as palavras. Mandaram então a tartaruga.
Ela subiu e desceu cantando:
_Carambola! Carambola! Não posso esquecer do seu nome porque meu povo está com fome.
Apareceu a bruxa dizendo:
_Caranguejo! Percevejo! Eu olho o que vejo?
A tartaruga nem deu bola e continuou cantando mais alto.
A bruxa desistiu e todos na Terra ja sabiam o nome da frutinha amarela.
Assim o povo nunca mais passou fome.

Página 04.

Nenhum comentário:

Postar um comentário